26 julho 2011

Turquia confirma diminuição de turistas portugueses em Junho

A Turquia, que era um dos poucos destinos que até ao fim de Maio ainda apresentava crescimento das chegadas de turistas portugueses, teve em Junho um "balde de água fria", com uma queda de 19,4% a partir da qual o balanço do ano passou de positivo (mais 8% nos primeiros cinco meses) a ligeiramente negativo (menos 0,4% no semestre).
As estatísticas publicadas pelo Ministério da Cultura e do Turismo da Turquia indicam que em Junho chegaram ao país menos 1251 turistas portugueses que no ano passado, anulando, assim, o aumento de 1170 que tinha registado nos primeiros cinco meses do ano.
A queda do turismo português na Turquia em Junho já era indiciada pelos dados do Aeroporto de Lisboa, que indicavam que nos charters para Antália tinham viajado em Junho menos cerca de 1000 passageiros (nos dois sentidos) que há um ano.
Esta queda (em 55,2%, para 832 passageiros ida e volta), porém, era contrariada pelo crescimento do tráfego em voos regulares da Turkish Airlines, que em Junho transportou 4692 passageiros nos dois sentidos, mais 24,7% ou mais cerca de 900 que há um ano.
Porém, a Turkish Airlines tem sido uma das companhias a que os operadores portugueses têm recorrido para programar pacotes turísticos noutros destinos, entre os quais o Egipto, que ficou sem ligações directas de Lisboa desde que a EgyptAir suspendeu esta rota na sequência dos acontecimentos que o País viveu em Fevereiro e que levaram ao derrube do anterior presidente Hosni Mubarak.
Ainda assim, apesar do crescimento da Turkish, os dados do Aeroporto de Lisboa indicam que em Junho o número de passageiros dos voos de e para a Turquia baixaram 1,7% em Junho, para 5532 nos dois sentidos, pela queda nos charters, que são operações de “lazer puro”, ou seja, apenas para transportar passageiros de viagens turísticas.
Os dados oficiais da Turquia indicam que em Junho chegaram ao País 5187 turistas portugueses, o que significa que o fluxo recuou para ligeiramente abaixo do nível de 2009, em que foram 5373, anulando por completo o crescimento registado em 2010, em que face ao ano anterior tinha havido um aumento de 19,8% ou 1065, para 6438.
Junho de 2010 tinha sido um bom mês para o outgoing português, com crescimentos acentuados em várias rotas turísticas, o que também influi na queda verificada este ano, embora fontes da operação turística digam ao PressTUR que a principal razão é o impacto das medidas de austeridade e o clima crise que Portugal está a viver.
As estatísticas oficiais turcas mostram ainda que essa queda em Junho levou a que no final do semestre o país registe uma queda ligeira das chegadas de turistas portugueses, em 0,4% ou 81 face a 2010, para 21062, ainda assim mais 16,9% ou mais 3049 que no período homólogo de 2009.
No ano passado, o primeiro semestre foi um período de crescimento expressivo do turismo português na Turquia, com aumentos de 17,4% ou 3130 relativamente a 2009, ano da crise económico-financeira mundial, e em 50,6% ou 7101 face a 2008.

(Fonte: Presstur)

1 comentário:

Fábio Paulos disse...

de certeza que estes numeros ainda vão melhorar