17 agosto 2007

Ali Ağca foi transferido para uma prisão em Ancara


O governo da Turquia transferiu hoje Mehmet Ali Ağca, o homem que tentou assassinar o Papa João Paulo II em 1981, de uma prisão de alta segurança de Istambul para outra semelhante em Ancara.
Ağca, de 49 anos, foi para a prisão de Istambul em 2000 quando foi extraditado de Itália, onde esteve preso 19 anos. Ağca tinha pedido às autoridades para o levarem para a prisão da cidade de Malatya (leste), onde vive a sua família, mas só conseguiu transferência para Ancara, a 700 quilómetros a noroeste da sua cidade natal.
Ağca já tinha processos contra si por assassinato no seu país quando atentou contra a vida do papa na praça de São Pedro em Roma no dia 13 de Maio de 1981. Os motivos do ataque ainda são considerados mistério e as hipóteses de que a União Soviética e a Bulgária estiveram por trás do atentado nunca foram comprovadas.

Sem comentários: