24 março 2007

Mina do PKK mata três soldados turcos em Diyarbakır

Três soldados turcos foram mortos ontem e outros dois ficaram feridos, devido à explosão de uma mina colocada pelo grupo terrorista PKK na vila de Dicle, localizada na área sudeste da província de Diyarbakır.
Os soldados foram mortos durante confrontos com membros do ilegalizado Partido dos Trabalhadores do Curdistão (PKK), e outros dois ficaram feridos no mesmo confonto. No entanto, continuam as operações militares de larga escala na região.
Desde 1984 que o PKK tem vindo a desenvolver uma luta armada, que tem como objectivo a criação de um território étnico no sudeste da Turquia. Esta luta já causou a morte a mais de 30 000 pessoas.
Os acontecimentos de ontem seguiram-se às celebrações pacíficas do festival da Primavera de Nevruz. Este festival tem sido utilizado nos últimos tempos como palco de comícios políticos por simpatizantes do PKK.

1 comentário:

Joao Pedro Dias disse...

Parabéns pelo blog que não conhecia e que tomei a liberdade de listar. É sempre bom ter-se uma visão da realidade vinda «do outro lado», bem de dentro do que se passa num mundo que continua a ter muito de estranho para quem está no outro extremo do continente.