14 dezembro 2006

Presidente Sezer pediu ao Governo a realização de eleições antecipadas


O primeiro-ministro Recep Tayyip Erdoğan rejeitou ontem um pedido feito pelo presidente da República para a realização de eleições antecipadas, e insistiu que tanto as eleições presidenciais como as eleições gerais devem ser realizadas nas datas previstas. “O Parlamento actual irá eleger o presidente,” disse Erdoğan, numa reunião do seu Partido da Justiça e Desenvolvimento (AKP).
As declarações de Erdoğan, surgiram depois do presidente Ahmet Necdet Sezer ter juntado a sua voz aos pedidos de eleições antecipadas que têm surgido no âmbito da tensão política crescente sobre quem irá suceder Erdoğan em Maio.
Referindo-se àqueles que pedem eleições antecipadas, mas sem mencionar nomes, Erdoğan disse: “Dizem que este Parlamento não deve ou não pode eleger o presidente. Deviam ser leais ao Parlamento e à Constituição. O que é que vos aconteceu? O nosso povo vai fazer esta pergunta. Não vamos deixar que a estabilidade seja perturbada.”
Erdoğan reiterou que as duas eleições, presidenciais e gerais, devem ser realizadas nas datas previstas.
Os partidos da oposição também pediram eleições antecipadas, alegando que o Parlamento precisa de um mandato renovado para eleger o próximo líder do Estado. O líder de um dos partidos da oposição, Mehmet Ağar do Partido do Caminho Verdadeiro (DYP), argumentou que Abril é demasiado tarde para a realização de eleições gerais.

1 comentário:

Jofre Alves disse...

Passei para desejar boa semana preparatória do Natal e apreciar este sempre interessante blogue, atraente pela qualidade e desvelo inerente. A qualidade de braço dado com o bom-gosto.