04 novembro 2006

Marcha pela república em Ancara


De forma a demonstrarem a sua lealdade e devoção à república, 130 organizações não governamentais organizaram hoje uma marcha de protesto em Ancara. A marcha, denominada "A marcha do povo pela nossa república", começou às 11 horas no Centro Cultural Atatürk, com milhares de pessoas a caminharem na praça Tandoğan. Depois de um comício à hora do almoço, o grupo planeia marchar até ao mausoléu onde está Atatürk (Anıtkabir), o fundador da república da Turquia.
O director da organização do evento, Şenal Sarıhan, disse na terça-feira: “Convidamos a marchar todos aqueles que são leais ao secularismo, que querem que os seus filhos cresçam com uma educação nacionalista e secular, que são contra a divisão da nação devido às diferentes etnias e religiões dos seus cidadãos, que são contra a venda das nossas empresas e terras aos interesses estrangeiros e que são contra a corrupção”. Disse ainda que a marcha foi organizada para mostrar que existe uma multidão pronta a defender a grande conquista de Atatürk, a república.
O secretário geral da Associação do Pensamento Kemalista (ADD), Mehmet Kaynak, disse que existe uma necessidade de protestar e uma necessidade de fortalecer a independência do país e da unidade nacional, argumentando que os interesses nacionais foram sendo atropelados em nome da União Europeia e da globalização. “A nossa honra nacional está ameaçada”, disse.

1 comentário:

Jofre Alves disse...

Fiquei muito sensibilizado pelas suas bonitas e comoventes palavras acerca do meu antepassado José Narciso Monteiro, pessoa que muito estimo e por quem nutro uma profunda e veneranda simpatia, pelo seu real valor, nobreza de carácter e filantropia. De todos os meus antecessores – eu que sou genealogista – é a personagem que mais prezo. Por isso, esta semana vou dedicá-la à publicação de fotografias dos meus antepassados do ramo Monteiro, gente ilustre, recuando algumas gerações, até ao meu tetravô. Será sempre bem-vindo.